14 dias
Duração
Todo o ano
Época
Alentejo, Algarve, Lisboa
Localização

Descubra uma extensão selvagem e lustrada de colinas baixas e penhascos corroídos de ondas. Este programa irá levá-lo através de quilómetros e quilómetros de praias douradas, vida rural autêntica, comunidades de pescadores e aldeias antigas que parecem estar perdidas no tempo. Aqui, a vida desenvolve-se a um ritmo de passo em que cada etapa você coleciona uma experiência e em cada cenário uma história, para se tornar parte de si. Alguns alojamentos típicos e encantadores serão um oásis para recarregar suas baterias para os próximos dias de aventuras e a gastronomia é obrigatória em todos os dias!

PARTIDA/REGRESSO Matinha/Sagres
DURAÇÃO

14 dias

LEVAR Vestuário atlético confortável, chapéu, casaco e protetor solar.
INCLUDED
Seguros de responsabilidade civil e acidentes pessoais 13 noites de alojamento superior. Pequeno almoço incluído.
Transfer no dia de chegada ao Aeroporto de Lisboa até ao hotel, seguido do briefing do programa. Transferência do último Hotel para Aeroporto do de Lisboa ou Aeroporto de Faro Pacote de informação pré-partida. Informações de viagem e Livro de informações (inclui mapas, informações diárias, mapas diários, manual rápido do dispositivo GPS) entregues no dia da partida no local
Rastreamento GPS e Telefone Móvel (grátis para ligar 24h / dia)

Qualquer data sujeita à disponibilidade do hotel.

NOTA: Preço desde 1329 euros por pessoa.

Dia 1
Chegada ao aeroporto. No seu primeiro dia um guia irá apanhá-lo no aeroporto e será acolhido da melhor forma portuguesa possível. Chegando ao meio da Costa Alentejana encontrará o seu alojamento numa propriedade que o convida para o verdadeiro luxo. Você pode desfrutar do silêncio, da piscina ou das deliciosas refeições no restaurante.
Dia 2
Caminho de Matinha para Vila Nova de Mil Flores – (25 km, + 400 m). Quando deixa Matinha, você passará por uma bela floresta natural. Deixe os seus sentidos desfrutarem do perfume de ervas selvagens como lavanda, tomilho, calaminta e alecrim. Aproximando-se da costa, caminhará na planície costeira, encontrará alguns ninhos de aves e a famosa cegonha branca. Algumas fortalezas antigas podem ser interessantes para visitar quando você imagina que eles foram usados para defender a costa de piratas! Para terminar o dia, suba as falésias e explore as praias de Aivados, Malhão, e pequenas enseadas desertas até Vila Nova de Mil Fontes. Alojamento em atmosfera familiar e acolhedora, onde o prazer de receber bem reina.
Dia 3
Caminho de Vila Nova de Mil Fontes para Almograve – (15 km, + 300 m) Este dia a sua aventura dirige-se para o sul, atravessando o rio Mira e passando por algumas áreas agrícolas. Ao caminhar por esta parte do caminho, será convidado a experimentar a natureza com seus sentidos mais profundos. Sobre o lugar onde o rio encontra o oceano, inspire-se com maravilhosas vistas da vegetação mediterrânea e os seus cheiros. Vagueie também observando as espécies de aves voarem sobre sua cabeça, conte dezenas de ninhos de cegonhas nas rochas e finalmente chega ao resort tendo o merecido descanso.
Dia 4
Caminho de Almograve para Touril (18 km, + 350 m) O caminho deste dia levara-o ao antigo farol do Cabo Sardão, iluminando marinheiros aventureiros desde 1915. A visão magnífica irá surpreendê-lo enquanto convida a perfeita conexão entre oceano e terra. No seu caminho, passará por belos locais, como o porto de pesca da Lapa das Pombas, onde ainda utilizam técnicas de pesca tradicionais e a praia de Almograve. Esta experiência fará com que você não queira deixar o porto seguro, mas repita as chamadas para se abrigar numa adorável Guest House.
Dia 5
Caminho de Touril para Brejão – (15 km, + 350 m). Depois de um delicioso pequeno almoço, vem a promessa de um brilhante dia de penhascos dramáticos, praias do deserto e cores douradas inesquecíveis. Dirigindo-se primeiro à cidade de Zambujeira do Mar, você não ficará desapontado com a rota. Volte no tempo na Entrada da Barca, um porto de pesca local e fique encantado com a costa vazia, levando-o a lugares desertos com quase nenhum acesso. Explore! Ao final do dia, desfrute de um delicioso prato de peixe do peixe local, como robalo, dourada ou safio, em Brejão. Alojamento em casa de campo.
Dia 6
Caminho de Brejão para Odeceixe – (12 km, + 300 m) É uma jornada pelo tempo, cultura local e trilhos naturais. O som do oceano é mágico. O cheiro é fresco. As rochas são gravadas com os sinais do tempo e as aves lembram-nos de como a vida pode ser tão simples. Ao chegar a Odeceixe atravesse o rio que separa as duas regiões mais a sul de Portugal, Alentejo e Algarve. Este lugar marcará o final do programa, é hora de comemorar com um ótimo jantar na aldeia. Desfrute de sua refeição! Alojamento em casa de hóspedes.
[/timeline_item]
Dia 7
Caminho de Odeceixe para Rogil – (12 km, + 300 m). Comece a caminhar lado a lado com o rio Seixe e as zonas húmidas até chegar à praia de Odeceixe. O trilho sobre o oceano permitirá que ande livremente e oferecer-lhe-á vistas soberbas sobre a praia à frente. Perto do final, atravesse o interior do Monte João Roupeiro. Todos os aventureiros precisam de boa comida e a batata-doce mais famosa do mundo está aqui, desde os pratos principais até a pastelaria regional, as opções são infinitamente deliciosas. Alojamento em hotel.
Dia 8
Caminho de Rogil para Aljezur- (11 km, + 300 m) Neste dia irá atravessar vários campos agrícolas, alguns de batata-doce, é claro! E, em seguida, seguirá por uma estrada de terra que o aproxima do Oceano. Estará á sua espera a bela praia e vale da Amoreira. No entanto, ainda há a última surpresa para o dia, Aljezur e seu castelo mourisco! Esta cidade foi fundada pelos árabes no século X e tem um impressionante local arqueológico. Explore como um conquistador e siga todo o caminho até o castelo – a vista é fascinante. Alojamento em hotel.
Dia 9
Caminho de Aljezur para Arrifana – (16 km, + 400 m) Este dia começa com uma pequena transferência para a praia do Monte Clérigo, onde o seu caminho passa pela costa, atravessando pela mítica Ponta da Atalaia, um fantástico promontório onde podemos ver muitas ruínas de uma antiga fortaleza mourisca. O trilho após este ponto continua no topo das falésias com mata mediterrânea, plantas aromáticas e dunas costeiras. Aproveite a natureza passo a passo e depois tenha um ótimo descanso na bela aldeia de Arrifana.
Dia 10
Caminho de Arrifana para Carrapateira – (20 km, + 500 m)Sinta o poder do mar que atravessa as antigas falésias e praias de areia arenosa. Pegue na sua câmara porque vai precisar dela na praia do Canal quando vir a Pedra da Agulha, uma linda rocha monolítica embutida no oceano. Numa sucessão de colinas e vales, você passará pelo lado mais agressivo e inacessível desta região costeira. Termine a rota na aldeia caiada de Carrapateira, onde a história fala através da fortaleza construída para fins defensivos durante a era das descobertas portuguesas. Alojamento em pensão.
Dia 11
Caminho de Carrapateira para Pedralva – (18 km, + 400 m)Neste dia entre oceano e interior, a atmosfera rural conquistará seu coração. Nas encostas mais íngremes, você pode admirar a vegetação natural, praticamente intocada pelo homem com frutos secos densos e dezenas de plantas e ervas locais. Quando chegar vai poder encontrar um dos lugares e alojamentos mais interessantes. Pedralva é uma pequena aldeia que alguns anos atrás estava quase deserta e agora reviveu como uma charmosa Guest House Hamlet, que manteve o design original junto com charme e tradição.
Dia 12
Caminho de Pedralva para Vila do Bispo – (19 km, + 600 m) Depois de um excelente pequeno almoço, o dia começa suave, atravessando uma floresta e terrenos amplos. Mais tarde, nas praias de Barriga, Cordoama e Castelejo, a biodiversidade é toda envolvida com répteis, aves, mamíferos e anfíbios. No final do dia, chegará à Vila do Bispo, onde poderá apreciar arquitetura tradicional e estruturas religiosas. Os produtos locais, frutas e peixe fresco são diariamente vendidos no mercado municipal, apanhe o culminar e compre alguns bons produtos para a próxima viagem. Hospedagem em hotel de 3 estrelas.
Dia 13
Caminho de Vila do Bispo a Sagres – (14 km, + 200 m) A paisagem é plana e a vegetação baixa, neste dia irá em direção ao ponto mais sudoeste da Europa Continental, onde tem um pequeno mas excelente Museu dos Faróis, mostrando o papel de Sagres na história marítima de Portugal! Este é um lugar histórico onde quase se pode ouvir os ecos das vozes dos marinheiros e peregrinos. Além disso, apenas o imenso Oceano Atlântico continua sendo um ponto de passagem, chegadas e encontros. Alojamento em hotel de design de 4 estrelas.
Dia 14
Partida – Neste último dia, aproveite o seu pequeno-almoço com uma vista deslumbrante sobre o oceano. Chega então a hora de dizer adeus e irão buscá-lo no hotel, de acordo com a sua agenda.