1 dia
Duração
Todo o ano
Época
Centro
Localização

Entramos no distrito de Castelo Branco pelas monumentais Portas do Rodão a sul, ou pelas Serras da Estrela e da Malcata a norte, desde logo a imponente beleza natural a caracterizar o território. Esta assume um cariz distinto na enigmática Gardunha ou no Parque Natural do Tejo Internacional, no qual o Tejo profundo, os animais e as plantas reinam no silêncio sereno da natureza. E no Geopark Naturtejo onde os geomonumentos são a motivação principal de visita, a simbiose é perfeita com o sossego rural das bonitas aldeias onde o tempo parece que parou – onde pontificam Monsanto, Castelo Novo e Idanha-a-Velha – com um vasto património religioso e inúmeras piscinas e açudes de água fresca para se refrescar. A arte manifesta-se nos bordados, no Boom Festival, em variadíssimos espaços e museus temáticos, em que a referência ao Museu do mestre Cargaleiro é incontornável. Rico em História, o distrito de Castelo Branco é um verdadeiro museu aberto e vivo que ressalta a herança dos vários povos que o ocuparam e dos Cavaleiros Templários, que aqui tiveram o seu último reduto em Portugal. E é precisamente na senda dos Templários que vamos percorrer os caminhos medievais da região, entre Penha Garcia, Monsanto, Penamacor e Castelo Novo, explorando os testemunhos e reconhecendo as marcas deixadas pelos monges guerreiros que, para os mais entendidos, indicam o caminho para o Conhecimento…  

INCLUÍDO
Guia; Seguro;

MÍNIMO DE PARTICIPANTES

2 participantes;

 

TERMOS & CONDIÇÕES

Dificuldade:Moderada;

 

Disponibilidade: Todo o ano, dependendo de condições climatéricas